Confira a matéria da Dra. Marta Duwe sobre Plástica Ocular!

A PLASTICA OCULAR,  POR UM ESPECIALISTA

Com o passar dos anos, a pele sofre alterações estruturais influenciadas pela constituição genética, radiação solar, fatores de saúde e nutricionais, bem como pelo próprio envelhecimento. Essas modificações são visíveis especialmente nas pálpebras, região do rosto central no contato visual, tão importante na manifestação das nossas emoções.

As alterações involucionais mais comuns e evidentes na região palpebral incluem flacidez e excesso de pele (dermatocálase), formando pregas e rugas, e a herniação de bolsas de gordura, dando um ar de cansaço,  tristeza ou envelhecimento, resultando em importantes implicações psicológicas.

 A Blefaroplastia
(do grego: blepharon, “pálpebra” + plassein “dar forma”)

É o procedimento cirúrgico indicado para corrigir os defeitos das pálpebras. Seguro e pouco invasivo, compreende a remoção, ou o reposicionamento (ou ambos) dos tecidos em excesso, tais como a pele e as bolsas de gordura, e eventualmente o reforço dos tecidos musculares e dos tendões correspondentes.

Eyelid-surgery-Illustration-Prasad-Cosmetic-e1442507786910

Fonte: prasadcosmeticsurgey.com

 

Esse procedimento resolve problemas funcionais e cosméticos da região periocular, que melhora a expressão da área da sobrancelha até a porção superior da bochecha.

 Dentre os aspectos funcionais da blefaroplastia (especialmente das pálpebras superiores) destacam-se a melhora do campo visual,  bem como o alívio do peso sobre os olhos (pálpebras caídas), havendo ainda muitos relatos de melhora de cefaleia tensional, quando é o caso do indivíduo fazer elevação compensatória das sobrancelhas (supercílios), através da contração da testa.

 Por sua vez, os aspectos estéticos são evidentes, uma vez que restaura a anatomia natural, sem distorção das características individuais, o que leva a um  olhar rejuvenescido. Os cílios e a área de sombra aparecem, a expressão do olhar se destaca com a harmonia dos contornos, livres dos excedentes teciduais.

 O procedimento é feito sob anestesia local, assistida por anestesista para sedação. Assim garantimos conforto e segurança. O pós operatório é indolor e o paciente recebe alta no mesmo período do dia.

 Você tem dermatocálase?

 Para avaliar a dermatocálase, a posição da cabeça inicialmente deve ser mantida com o queixo reto e o olhar em frente, e as sobrancelhas e testa devem estar relaxadas. Se um avental de pele tocar os cílios, a blefaroplastia já traz benefícios funcionais, além dos cosméticos. Se mantiver o olhar em frente e abaixar o queixo, poderá notar melhor o contorno das bolsas de gordura das pálpebras inferiores.

 

dra marta duwe hob

Dra. Marta Duwe
Médica oftalmologista
Cirurgia Plástica Ocular
CRM-SC 11748 / RQE 7545