Semana Municipal de Controle do Diabetes tem apoio do HOB e de outras entidades da cidade

O Hospital de Olhos de Blumenau realizará exames de fundo de olho em pacientes previamente agendados pela equipe do NAD

O Dia Mundial do Diabetes é comemorado no dia 14 de novembro, de acordo com o calendário da Organização Mundial de Saúde (OMS). Nesse dia, pessoas e entidades ao redor do Brasil e do mundo realizam mutirões e campanhas a fim de conscientizar a população quanto ao Diabetes, sua prevenção e tratamentos.

Em Blumenau, é promovida a Semana Municipal de Controle do Diabetes, de 7 a 14 de novembro. A promoção é da Secretaria de Saúde de Blumenau, por meio da Política de Saúde do Adulto e do Núcleo de Atenção em Diabetes (NAD), em parceria com o Hospital de Olhos de Blumenau, do Supermercado BIG, Hospital Santa Isabel, Unimed, Pro Pet Saúde/Furb e Sesc.

O Hospital de Olhos de Blumenau participa da programação nesta sexta-feira, dia 7, na sede do Núcleo de Atenção em Diabetes (NAD), onde acontece o II Mutirão de Exames de Fundo de Olho – avaliação que tem como finalidade detectar a Retinopatia Diabética, doença ocasionada pelo diabetes. O atendimento será das 8h às 17h, para pacientes previamente agendados pela equipe do NAD, e tem como objetivo promover o diagnóstico precoce e alertar a população para o impacto da doença. A ação reforça os trabalhos que estão sendo feitos no País para o Dia Mundial do Diabetes.

Diabetes
O diabetes é uma doença mais comum do que as pessoas imaginam. Só no Brasil, em torno de 7,6% da população, com idade entre 30 e 69 anos, são portadoras de diabetes, sendo que 46% deste universo não sabem que possuem a doença.

A visão do portador de diabetes pode ser afetada devido à doença e à elevação da pressão arterial. A Retinopatia Diabética é a doença mais frequente entre os diabéticos. Ela se dá devido a uma alteração nos vasos que nutrem o tecido interno do olho responsável pela formação da imagem, denominado retina. As altas taxas de glicose no sangue resultam no fechamento progressivo dos vasos da retina, gerando hemorragias e falta de oxigênio para as células. Quanto mais avançada a retinopatia, maior a destruição da retina, o que pode resultar em uma severa perda visual.

Os principais sintomas dessa doença são perda de nitidez e distorção das imagens, no entanto, muitas pessoas possuem a Retinopatia Diabética sem apresentar sintomas. Portanto, assim que o diabetes for detectado, o paciente deve procurar um Oftalmologista para realizar o exame de fundo de olho. Este exame identificará a presença, ou não, da Retinopatia Diabética, bem como avaliará seu estágio.