OCT – Tomografia de Coerência Óptica

A Retina é uma estrutura formada por 10 camadas compostas por membranas e células, localizada no segmento posterior do olho, responsável pela formação de imagens – transforma estímulos luminosos em estímulos elétricos que são conduzidos pelo nervo óptico por toda a via óptica até o cérebro, onde a interpretação da imagem acontece.

_DSC3942A tomografia de coerência óptica é um exame que possibilita a visualização das estruturas da retina em 3D de imagens de cortes seccionais.

O OCT contém um software com banco de dados normativos que possibilita a análise estatística para o estudo da retina e glaucoma. Visando o nervo óptico, o aparelho gera informação volumétrica (volume da escavação) e dimensional (área do disco, área da escavação, área da rima neural), além da análise da camada de fibras nervosas, onde o programa, com base na população normal de mesma idade, aponta as possíveis regiões suspeitas de alterações estruturais, sem defeito de campo visual, nos casos incipientes de glaucoma.

Em patologias com edema macular onde a retina encontra-se espessada com presença de líquido na região foveal, é possível quantificar a espessura da retina, bem como compará-la a exames realizados em outras datas, oferecendo mais informações quanto à eficácia do tratamento adotado. É de extrema importância em pacientes candidatos ou que foram submetidos à injeção intravítrea, para se estabelecer a eficácia ou a necessidade de procedimentos futuros.

Indicações: 

  • Complementação aos exames realizados durante a consulta com o Oftalmologista;
  • Em casos de dúvidas no diagnóstico;
  • Pós-operatórios;
  • Diagnosticar ou avaliar evolução do glaucoma ou outras doenças que acometem o nervo óptico;
  • Tumores intraoculares;
  • Descolamento de retina;
  • Avaliação da circulação da retina e coroide;
  • Diagnóstico e classificação de buraco macular;
  • DMRI;
  • Membrana neovascular.